A criação da Fever Tree Pink Aromatic surge de uma viagem no tempo até ao início do séc. XIX. Foi aí que Charles Rolls e Tim Warrillow, fundadores da Fever Tree encontraram um antigo relatório médico, pertencente à Marinha Britânica, que mencionava o uso de casca de angostura como suplemento ou substituto do tradicional tratamento da febre feita com casca de cinchona, o quinino.

Para recriar a receita iniciaram outra viagem pelo mundo em busca da casca de angostura na América do Sul, ingrediente que confere o gentil amargor desta água que é equilibrado na perfeição com o doce e o picante do melhor cardamomo da Guatemala, da baunilha de Madagáscar, da pimenta da Jamaica e do gengibre de Cochin.

Para arredondar a receita usaram quinino do Congo, laranja amarga da Tanzânia e a água fresca de nascente.

O resultado é uma água tónica com um tom rosado, equilibrada pelos sabores doces e picantes dos seus ingredientes. Uma água refrescante com um final de boca seco e que é uma alternativa sofisticada para os entusiastas do Gin tónico.

Recomendamos que prove a Fever Tree Pink Aromatic a solo antes de a misturar com 50ml de Gin, muito gelo e uma zest de limão e desfrutar de um twisted Pink Gin.

A receita refrescante e colorida para este verão!

 

Receita Pink Gin

 

 

5oml de Gin (para ser fiel à receita deve usar Gin Navy Strength)

Fever Tree Pink Aromatic

Zest de limão

Gelo

 

 

 

 

 

 

 

* Este é um conteúdo patrocinado pela marca  Fever Tree representada em Portugal pela Viriathus Drinks 

 

PARTILHARShare on FacebookTweet about this on Twitter