Jorge Aniceto, Bartender do Hotel Melius em Beja, foi o vendedor da grande final da 1ª edição da Chairman´s Mai Tai Portugal que aconteceu na passada terça-feira no Le Consulat, em Lisboa.

O seu twist no Mai Tai contou com Rum Chairman´s Forgotten Cask e Rum Chairman´s Reserve, Dry Coracao, sumo de limão, xarope de Orgeat e xarope de Jalapeño, servido em copo alto e descorado com banana caramelizada e ananás grelhado. Esta receita e a sua apresentação descontraída e divertida, encheram as medidas ao júri, que para além do sabor do cocktail procurava também o Bartender com maior “Mai Tainess” e que representa-se o espirito de festividade e alegria da Ilha de Santa Lúcia.

O júri foi constituído por Philip Gillier, Embaixador Internacional do Chairman’s Reserve Rum e George Restrepo, fundador da plataforma online Cocteleria Creativa e expert em cocktails.

Esta 1ª edição de uma competição realizada pela Chairman´s em Portugal focou-se no cocktail clássico Mai Tai o que nas palavras de Phillip Gillier faz todo o sentido, “O Mai Tai é um cocktail maravilhoso que ainda hoje é muito apreciado, para o fazer são necessários diferentes estilos de Rum, um pouco de Rum feito ao estilo Inglês, um pouco de Rum Agrícola também. Penso que Portugal gosta de Rum, no fundo também têm um pouco dessa cultura através do Rum agrícola que produzem na Madeira. Por isso escolhemos o Mai Tai, porque o Rum Chairman´s Reserve é também uma mistura de estilos o que o torna perfeito para fazer um Mai Tai ou qualquer outro Tiki cocktail de que me lembre. É forte, é atrevido, tem a força necessária para fazer o tipo de bebida onde se quer sentir o sabor do Rum.”

A competição teve a participação de 12 Bartenders vindos de norte a sul do país, esta diversidade na origem dos Bartenders foi algo que agradou ao júri, Phillip Gillier disse-nos que “Foi muito interessante ver Bartenders vindos de todos os pontos de Portugal, não só de Lisboa ou Porto. E foi interessante ver que todos eles apresentaram um trabalho de grande qualidade e que o interesse pela categoria do Rum está a crescer entre a comunidade de profissionais.”

A tarde começou com a apresentação do júri, dos termos da competição e com o sorteio da ordem de entrada em competição dos 12 Bartenders que tiveram cinco minutos para preparação e cinco minutos para elaborarem dois cocktails.

 

batch_4TZ_2382
batch_4TZ_2442
batch_4TZ_2505
batch_4TZ_2567
batch_4TZ_2685
batch_4TZ_2774
batch_4TZ_2880
batch_4TZ_2985
batch_4TZ_3101
batch_4TZ_3349
batch_4TZ_3517

 

Marco Monteiro Head Bartender no Bon Vivant em Lagos foi o primeiro a fazer o seu twist no clássico Mai Tai, a que se seguiu Ricardo Pinto do Vestigius em Lisboa, Luís Pedro Sampaio vindo do Evolutee Hotel,  João Alexandre do De’Gustar, bar situado em Torres Novas, José Rocha do Ritual Restaurante & Bar de Viana do castelo, João Silva do Sky Bar Carvoeiro no Algarve e Tiago Bastos Bartender no Vila Vita Parc em Porches no Algarve.

Depois de um breve intervalo segui-se a prestação de David Rodrigues, Head Bartender no Boa-Bao em Lisboa, Jorge Aniceto vindo do Hotel Melius em Beja, Anna Camacho, a única mulher presente que veio do L´Kodac em Leça da Palmeira, Rui Pereira do Glamour Sushi em Viana do Castelo e a fechar a competição esteve Ricardo Mendes também do L’Kodac.

Após deliberação o júri decidiu atribuir o 4º lugar a Anna Camacho, o 3º a Ricardo Mendes, ambos do L´Kodac. O 2º lugar foi para David Rodrigues do Boa-Bao e o vencedor da competição e da viagem a Santa Lúcia foi o  Bartender de Beja, Jorge Aniceto.

Questionado sobre ao vitoria Jorge Aniceto mostrou-se surpreendido, mas feliz com a perspetiva de uma viagem até às Caraíbas. “Foi uma surpresa! Simplesmente fiz um Mai Tai seguindo as regras da competição e dei-lhe um toque de Jalapeño, nada mais. Vim com o espirito de quem vem para um concurso de Mai Tai, estava satisfeito, sem me preocupar com quem poderia ganhar. Foi uma surpresa, estou contente.”

PARTILHARShare on FacebookTweet about this on Twitter