Já dizia a música que “cachaça não é água não!”, embora a versão da cachaça que melhor conhecemos seja cristalina como a água, este produto derivado do sumo da cana de açúcar é um poderoso destilado com mais de 400 anos de história intimamente ligada ao laço que une Portugal com o Brasil.

Cachaça é uma aguardente de cana produzida exclusivamente no Brasil. Tem de ter uma graduação alcoólica entre os 38% e os 48% e um máximo de 6g de açúcar por cada litro. É obtida pela destilação do mosto fermentado da cana-de-açúcar, através do uso de alambique, o que é considerado como Cachaça artesanal, ou através da destilação em coluna, método que produz maior quantidade e é tido como industrial.

Apesar de terem uma base comum, a cana de açúcar, a Cachaça diferencia-se do Rum nos processos de produção, nas origens e no sabor final.

Internacionalmente a Cachaça notabilizou-se através da Caipirinha, um cocktail fresco feito com lima, açúcar e gelo.

 

Categorias de Cachaça:

Armazenada: Esta Cachaça não tem um período mínimo de estágio obrigatório e estagia em toneis com capacidade superior a 700L..

Envelhecida: A Cachaça envelhecida tem de estagiar um ano em toneis que não poderão ter mais de 700L. Está é uma Cachaça que já apresenta um pouco de cor e alguma influência da madeira.

Ouro ou Gold: É o resultado de um blend de 50% de Cachaça armazenada e 50% de Cachaça envelhecida.

Premium: É uma Cachaça 100% envelhecida entre um a três anos em toneis com menos de 700L

Extra-premium: É uma Cachaça menos comum, envelhecida mais de três anos em toneis com menos de 700L

PARTILHARShare on FacebookTweet about this on Twitter