Nós também não sabíamos, mas a Hendrick´s Gin realizou uma experiência cientifica pouco convencional para conhecer melhor a verdadeira sensibilidade dos pepinos e descobriu a preferência pelo Rock entre outras peculiaridades.

Graham Brown da Universidade de Sydney, especialista em pepinos, foi o cientista responsável pelo estudo e pelas descobertas, conhecedor profundo de plantas há mais de três décadas e especialista de pepinos há pelo menos 10 anos, ele possui todas as ferramentas para medir as reações das plantas ao mundo exterior.

A Hendrick´s queria conhecer melhor o seu ingrediente favorito, o pepino!

Através deste estudo descobriu que os pepinos possuem a impressionante capacidade de reagir a estímulos externos e crescem maiores, mais saborosos, como resultado de um processo de cuidado não convencional, indicando que estão fortemente conscientes do ambiente que os rodeia.

Ficou a saber-se que o pepino cresce melhor ao som de música Rock. Pepinos expostos ao Rock ficam maiores, com melhor sabor, perfeitamente cilíndricos, sem curvatura, com pele suave e de tom verde escuro. Efeito que não é conseguido com o jazz, por exemplo.

Descobriu-se também que os pepinos têm preferências por fragrâncias, embora não tenham um nariz, as plantas podem sentir os químicos no ar. Seguindo Graham Brown deve-se evitar o uso de fragrâncias agressivas no mesmo ambiente onde cresce o pepino.

Graham Brown, University of SydneyGraham Brown, University of S
Graham Brown, University of Sydney
Graham Brown, University of SydneyGraham Brown, University of S
Graham Brown, University of SydneyGraham Brown, University of S

Para além disso chegou-se á conclusão que os pepinos gostam de conforto para crescer devem ser colocados em pequenos sacos de proteção para “dormirem” melhor o que lhe confere uma pela mais suave e brilhante e um sabor mais doce quando comparados com os pepinos que foram deixados despidos e desconfortáveis.

As plantas são mais sensíveis do que pensamos, com muitos sentidos que lhe permitem ter noção do ambiente que as rodeia, e segundo este estudo, o pepino não é exceção.

No seguimento deste estudo para honrar o pepino, a Hendrick´s convida todos os interessados no cultivo do pepino a juntarem-se à experiência mundial de cultivo do maior e mais saboroso pepino e ao Dia Mundial do Pepino que se realiza a 14 de junho.

Para esse efeito é já podem adotar um pepino virtual no facebook

Como é isso possível? Através da utilização da tecnologia bot do Facebook Messenger evoca memórias dos animais de estimação digitais japoneses dos anos 90, com um toque refrescante da grande tendência hortícola.

Durante três meses, os pais adotivos poderão plantar, cultivar e ver crescer o seu pepino na palma da sua mão. Este serviço de Adoção do Pepino Hendrick’s encoraja os jardineiros virtuais a cuidar verdadeiramente dos seus pepinos, por exemplo presenteando-o com um recital de Shakespeare ou fazendo ligeiras cócegas com uma pena. Durante todo o período de crescimento o bot inovador enviará fotos e vídeos dos pepinos para os seus cuidadores orgulhosos!

Duncan McRae, Hendrick’s Gin Global Ambassador, sublinha que: “Sempre mantivemos o mais alto respeito pelo pepino, afinal o nosso Gin é infundido com essências de pepino e rosa. Deste modo, estamos muito satisfeitos por convidar todos aqueles que compartilham esta paixão a participar nesta viagem de descoberta”.

Para fazer parte da experiência do Dia Mundial do Pepino e fazer crescer ou adotar um visite: www.WorldCucumberDayExperiment.com ou http://m.me/CucumberAdoptionService

 

PARTILHARShare on FacebookTweet about this on Twitter