A startup tailandesa Siam Organic foi a grande vencedora da final do concurso Chivas Venture – a iniciativa global da Chivas Regal para encontrar e premiar as startups que procuram o sucesso através do empreendedorismo social.  A Siam Organic, que tem como missão erradicar a pobreza na agricultura de pequena escala, conquistou o primeiro prémio, um financiamento total de 400.000 USD.

Halle Berry, a atriz premiada com um óscar, e defensora da filantropia e empreendedorismo, fez parte do painel de júri que determinou o vencedor, em Los Angeles.

A final da terceira edição do Chivas Venture, teve lugar em Los Angeles, e levou 30 finalistas de 5 continentes a competir por uma parte do prémio de 1 milhão de USD. O painel de júris, constituído por Halle Berry, Sonal Shah – fundadora e Diretora Executiva do Beeck Center for Social Impact + Innovation na Universidade de Georgetown -, Adam Braun – fundador da MissionU, Pencils of Promise e autor premiado de The Promise of a Pencil -, e Alexandre Ricard – Presidente e CEO da Pernod Ricard, que detém a Chivas Regal, avaliou cada negócio com base na sua capacidade de criar uma mudança sustentável na sociedade, através de um plano de negócios consistente, com um potencial de crescimento relevante e com possibilidade de ser implementado noutros países.

Os restantes finalistas, que também receberam uma parte do prémio, são: Recycle Points, uma startup da Nigéria, que ajuda os consumidores a criar valor a partir dos desperdícios do quotidiano e que arrecadou 200.000 USD; a Bioestibas, da Colômbia, que produz um material de estiva ecológico a partir da decomposição de flores e que conseguiu uma parte de 50.000 USD do prémio; a iDrop Water, uma startup sul-africana com a missão de mudar o comportamento de consumo e venda de água em África através de unidades de venda automática purificadores, que também conseguiu uma parcela de 50.000 USD; e a israelita Intendu, dedicada à reabilitação cerebral através do uso de jogos de vídeo, que adquiriu também 50.000 USD.

O Presidente e CEO da Pernod Ricard, Alexandre Ricard, fechou o evento, afirmando que:

“Os finalistas que acompanhámos esta noite são extraordinários. Ver o Neil, bem como os demais finalistas, serem bem-sucedidos far-nos-á sentir verdadeiramente realizados enquanto júris.”

Portugal foi representado pela startup Sun Concept, uma empresa de construção naval de embarcações alimentadas a energia solar e que venceu a final portuguesa entre 29 outras empresas nacionais. Nuno Oliveira, fundador da Sun Concept explicou que: “A participação no Chivas Venture permitiu-nos não só crescer em termos de visibilidade, como também conhecer as mais variadas ideias e personalidades de referência no mundo do empreendedorismo social.”

Atualmente na sua terceira edição, o Chivas Venture recebeu até à data quase 6,000 candidaturas de startups empenhadas em recorrer à inovação e ao empreendedorismo para tornar o mundo num local melhor. Os dois milhões de dólares atribuídos nos anos anteriores foram investidos em startups que neste momento ajudam mais de 300,000 pessoas, em mais de 40 países em todo o mundo.

As candidaturas para a edição do Chivas Venture 2018 abrem a 4 de setembro de 2017. Visite o website do Chivas Venture para saber mais detalhes.

PARTILHARShare on FacebookTweet about this on Twitter